CATEGORIAS

Home / Saúde  / Xerose cutânea

Xerose cutânea

A xerose cutânea, nome que os especialistas dão à pele seca, é um problema que aparece principalmente no inverno, mas não é só o tempo o responsável por esse ressecamento.

A pele seca é uma pele áspera, que tende a descamar com pequenas peles brancas muito finas que se destacam facilmente. Nas formas mais graves tende a formar pequenas fissuras superficiais que limitam escamas poligonais ou fissuras mais profundas dolorosas.

xerose_cutanea

Hábitos diários que vêm com a estação também interferem na saúde da sua pele.

Se você adora uma ducha bem quente para aquecer o corpo, fique atento. A oleosidade da pele, essencial para a nossa proteção, diminui naturalmente com o clima frio e a água quente intensifica a pela a ficar seca. É importante utilizar pouquíssimo sabão e, de preferência, liquido e neutro. Passe somente nas axilas mãos e região genital.  No restante do corpo, apenas a espuma.

Além da aparência ressecada, a xerose cutânea pode favorecer o surgimento de micoses e outras infecções oportunistas. Roupas de frio, sobretudo as de tecido sintético, também contribuem para que fungos e bactérias se desenvolvam.

Por fatores hormonais, a  pele masculina costuma ser mais oleosa e mais espessa. Mas isso não significa que os homens estejam livres do ressecamento da pele. É importante ter cuidado ao fazer a barba, por exemplo, para evitar o surgimento e o agravamento de pelos encravados e da foliculite.

Cuidados essenciais
Citamos abaixo atitudes para você ficar sempre com a pele hidratada:

– Tome banhos mornos e rápidos. Escolha a temperatura com base no seu conforto, mas lembre-se que, quanto mais quente, mais rápido deve ser o banho.

– Evite o uso de buchas e o excesso de sabonete. Opte sempre pelo sabonete liquido e neutro.

– Está muito frio para passar o creme hidratante? Aposte em óleos corporais durante o banho.

– Mantenha loções para corpo e rosto além de hidratantes labiais sempre ao alcance.

– Beba sempre bastante água. Chás também são boas opções.

Qualquer sinal de irritação ou vermelhidão fora do comum, procure o dermatologista.

Consultoria:
Dra. Adriana Awada
Dermatologista
CRM 62.432

 

Para mais informações ou agendar sua consulta, CLIQUE AQUI!